Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

06
Abr 15

 

obra.jpg

 

 

Autora: Maria Alberta Menéres

Ilustradora: Isabel Lobato

Editora: ASA

Livro aconselhado para o 6º ano de escolaridade

 

 

Ulisses é o nome do herói desta aventura que começa com a guerra de Troia. Ulisses e os seus companheiros gregos partem para salvar a rainha Helena que fora raptada. Após a vitória, os marinheiros só pensam em regressar a Ítaca, sua terra natal. Mas eles nem imaginam os perigos que terão de enfrentar...

Gostei muito deste livro. Embora seja um livro de aventuras, também fala de amor, saudade e honestidade.

O ponto negativo são algumas ilustrações que considero pouco adequadas à faixa etária dos leitores. Apesar disso, "Ulisses" é um livro muito bom!

                                                                                                                                                      Helena Rodrigues, 6ºB

publicado por buelivros às 16:40

quero ser ator.jpg

 Eu gostei  imenso deste livro e aconselho-o aos apaixonados por teatro e aos que sonham ser atores! A frase de que eu mais gostei foi :"Quem sonha ser ator de teatro sonha sempre com os aplausos do público que consagram momentos de glória."

                                                                                                                      Ana Maria, 7ºB

publicado por buelivros às 16:36

Lágrimas de sol.jpg

 

Personagem principal:

 A personagem principal é Juan Pablo, um jovem venezuelano apaixonado por uma rapariga de nome Leah, também ela venezuelana.

 Juan Pablo muda-se para a Madeira sozinho seguindo-se o consequente afastamento da sua amada.

Juan Pablo tem um acidente de moto, devido a um taxista alcoolizado e drogado, o que fez com que Juan fosse parar ao hospital, com a sua em muito mau estado.

Foi desde este preciso momento que a minha ideia do livro se foi começando a denegrir… Certamente Juan Pablo tirou um curso de português antes da sua viagem pois os diálogos e a comunicação entre paciente, médicos e enfermeiras se desenrolam num fluido português, sem qualquer tipo de dificuldade comunicacional!

 

Juan Pablo ou Roger Marques?

Marques Rodríguez nasceu e Caracas, Venezuela (1963). Coincidentemente ou não, o mesmo muda-se para a ilha da Madeira uns anos mais tarde (1970) tal como Juan Pablo.

 

 Crítica:

 Em relação à sua perna, devo desde já informar os mais sensíveis que várias descrições podem dar a volta a estômagos menos preparados. Existem descrições pormenorizadas de cirurgias, sempre com “maravilhosas” referências a tecidos mortos, ossos e outras coisas poéticas do mesmo género.

Com estas descrições, pensarão os meus amigos, que se trata de um romance do tipo realista. Enganam-se, este romance é bastante dado ao fantástico, espiritual e transcendente até porque na sua capa está presente uma frase que diz “Existem barreiras que nem a própria morte se atreve a transpor…”

A dada altura Juan Pablo fica dez minutos sem atividade cardíaca, ao mesmo tempo que Leah, na Venezuela, morre num acidente de viação, pelo que se encontram e conversam do outro lado... No entanto, Juan Pablo volta à vida porque matar a personagem principal logo ao início é capaz de não ser boa ideia.

Ainda no âmbito do fantástico, Lúcia, uma das enfermeiras que o trata, é fisicamente igual a Leah e recebe uma visita do espírito desta dizendo-lhe que ame Juan. Gosto da atitude altruísta dos espíritos e fiquei com vontade de ser amiga do menino fantasma!

Há um diálogo soberbo de Lúcia que me faz crer que temos uma enfermeira poeta. Deixo um apelo aos meus familiares e amigos: se adoecer internem-me no hospital da Madeira, os relatórios médicos lá devem ser maravilhosos, dignos de uma leitura atenta, com belas descrições de doenças equivalentes às melhores paisagens bucólicas!!

Os melhores amigos de Juan Pablo decidem ir visitá-lo à Madeira e dar-lhe a triste notícia de que a sua namorada morreu. Chegam tarde, pois o “Jornal de Notícias do Além” é muito mais rápido, as notícias chegam ao destinatário no preciso momento em que se sucedem.

Entre umas quantas peripécias chegamos ao final e aí, farta de “sofrer as passas do Algarve”, juntamente com o pobre Juan Pablo, que sofre como um condenado, a minha única vontade é procurar o e-mail de Roger Marques e bater-lhe verbalmente!

                                                                                                                                                           Catarina Freire, 11ºB

                 

 

publicado por buelivros às 16:16

Abril 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO