Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

07
Jan 11

Autor: Ondjaki

Editora: Editorial Caminho

 

 Breve apreciação do livro:

  Neste livro, o autor recorda pasagens da sua infância em Angola. Gostei deste livro, porque mostra, nos vários contos, a diferença entre as vivências das crianças angolanas e portuguesas. As crianças ,em Angola, ficam contentes com muito pouco. Por exemplo, há um conto em que se vê a felicidade das crianças ao verem uma televisão a cores, o que para uma criança portuguesa , mesmo há alguns anos atrás, não era novidade nenhuma. O conto de que mais gostei foi " A ida a Nabibe". Este conto fala de como Ondjaki fica contente ao ir a uma cidade diferente, ao ver animais diferentes como os do deserto e os da quinta, e ao aprender a caçar com o tio. Vê-se também como a infância é bonita, nos momentos que Ondjaki passa com a Micaela. E também se percebe que as fotografias são importantes, trazem recordações... Só não gostei que o livro fosse de histórias curtas, porque gosto de livros com continuidade. (Catarina Alonso)

 

 

 

 

Passagem preferida/Ilustração:

   "Eu à espera da imagem a qualquer momento. Olhei o cinzento da televisão e umas três luzes apareceram de repente como se fossem um semáforo maluco e tive a certeza que aquela era mesmo a televisão mais bonita do mundo." (Daniela Mendes)

publicado por buelivros às 16:11

queridos amigos: encontrei este blog por acaso (quase por acaso, foi um "alerta" do google, que me chega sempre às sextas-feiras), e vim agradecer muito a vossa leitura e, portanto, o vosso trabalho. obrigado pelas palavras. são as palavras (possivelmente depois "das pessoas") que me fazem uma pessoa feliz. a partilha das palavras. a viagem das palavras. é isso que eu celebro nos meus livros: a viagem das estórias, as lembradas, e as inventadas. estórias que viajaram de angola e hoje se espalham pelo mundo.
quero vos mandar um grande abraço e que continuem a ler. seja qual for o autor. seja qual for o livro. seja pouco ou muito. é que o mundo sonha e se aumenta, quando passamos pelos livros...

um grande kandandu (abraço),
ondjaki.
ondjaki a 14 de Janeiro de 2011 às 03:10

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2018

2017

2016

2015

2014

2013

2012

2011

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO