Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

18.Out.11

POBBY E DINGAN

Autor: Ben Rice

Editora: Dom Quixote

Edição: 3ª edição

Local: Lisboa

Data de Publicação: Dezembro de 2006

Modo literário: Narrativo

Género literário: Conto

 

Opinião sobre o título e sua relação com a obra lida:

    Apesar do livro parecer infantil por causa da imagem, este conto emocional é apreciado por leitores de todas as idades. “Pobby e Dingan” no contexto da obra vivem em Ligthning Ridge, em New South Wales, capital das opalas, na Austrália. “Pobby e Dingan” são amigos imaginários de Kellyanne Williamson, filha de um mineiro e irmã de Ashmol Williamson. Pobby é um rapaz e Dingan é uma rapariga. Na verdade, apenas Kellyanne os pode ver. Na imagem, Kellyanne tem 3 chupas na mão, porque como quase toda a gente sabia que ela tinha dois amigos imaginários, então, quando ela ia ao supermercado que se chamava Khan’s, onde a mãe trabalhava, a Sra. Schwartz dava-lhe sempre 3 chupas. Um chupa era para ela, outro era para o Pobby e o outro era para a Dingan, apesar de eles não existirem. Kellyanne ficou muito doente, porque os seus amigos imaginários desapareceram. Foi o irmão de Kellyanne que encontrou os amigos imaginários, numa noite escura na mina, onde o pai trabalhava.

    Os amigos imaginários de Kellyanne morreram de baixo de uma galeria, na mina. No final Kellyanne também morreu com desgosto e tristeza porque os seus amigos imaginários tinham morto.

    Moral da história: por alguém não poder ver algo, não quer dizer que não exista.      

 

Apresentação de informações sobre o autor:

    Ben Rice nasceu em Devon, Inglaterra, em 1972 é um premiado autor britânico, educado na escola Blundell. É professor de Inglês na Universidade de Newcastle e no Wadham College de Oxford. Bem Rice vive em Londres. O seu romance Pobby e Dingan (mais tarde filmado como Opal Dream) foi agraciado com o Prémio Somerset Maugham em 2001 (além de ser indicado para o Prémio John Rhys Llewellyn), e em 2003 nomeou-o Granta como um dos vinte melhores jovens britânicos romancistas.

 

 

Magalie Reis,10ºA - Dezembro 2010