Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

14.Fev.17

Astérix na Hispânia

asterix em hispânia.jpg

Autor: René Goscinny

Ilustrador: Albert Uderzo

Editora: Asa

Ano de edição: 2013

Nº de páginas: 48

 

Sinopse (interior da capa): Nada consegue resistir a César: a seguir à Gália, é a vez da Hispânia ser anexada ao seu império. Toda a Hispânia? Não! Uma pequena aldeia - Montilla - resiste ainda. Mas Júlio César rapta Pepe, filho do chefe ibero Caldoverdon y Chouriçon. Pepe é levado para a Gália, para o campo de Babácomrum no qual deverá receber uma educação romana. É aí que se cruza com Obélix e Astérix que o libertam e decidem levá-lo de volta para Hispânia.

 

Impressões de leitura: O livro pareceu-me engraçado, porque Pepe, para conseguir o que quer, sustem a respiração: primeiro, para brincar às escondidinhas com os romanos, depois porque quer que lhe deem a comer outra coisa que não seja javali, e finalmente para lhe darem vinho aromatizado com ervas. Obélix e Ideiafix acabam por imitá-lo!! Nesta história, Astérix, Obélix, Pepe e Ideiafix percorrem uma grande distância entre a Gália e Hispânia, e trazem de lá umas danças hispânicas que mostram aos seus amigos, quando regressam à aldeia.

 

Tiago Falcão, 5ºB

fevereiro 2017

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.