Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

BUÉ LIVROS

Este blogue pretende dar a conhecer “leituras” realizadas por alunos do AEMD. Está associado ao projeto "Cartão de Fidelidade" da Biblioteca Escolar que atribui pontos por cada opinião sobre livros lidos.

05.Jan.18

O Alienista, Machado de Assis

O alienista.jpg

 

Autor: Machado de Assis

Editora: Porto Editora

Data de publicação: 2014

Modo literário: Narrativo

Número de páginas: 108

 

 Assunto/Sinopse

Dr. Simão Bacamarte, médico e homem da ciência, decide enveredar pelo campo da psiquiatria e inicia um estudo sobre a loucura e os seus graus, classificando-os. Para aprofundar os seus estudos, o cientista regressa a Itaguí e convence os seus habitantes a fundar um hospício, a Casa Verde. Depressa a instituição fica repleta de loucos e lunáticos de todos os tipos, até existirem mais loucos do que sãos na sociedade.

Apreciação crítica/Impressões de leitura

Esta é uma história escrita numa época em que a ciência e aqueles que a dominavam não deviam ser questionados, numa época em que tudo o que estava relacionado com a ciência era benéfico e contribuía para o desenvolvimento da humanidade.

Este conto de Machado de Assis, publicado em 1881, tem como assunto principal a loucura e critica principalmente a ciência da época, mas também o egoísmo, a injustiça e o orgulho exagerado. Uma narrativa curta, recheada de sarcasmo e ironia, humor e comicidade, de que são exemplo as razões pelas quais Simão Bacamarte interna os habitantes, chegando a internar a própria mulher por esta ficar indecisa sobre qual vestido usar. É uma obra com um final surpreendente em que nos questionamos: mas quem, afinal, eram os loucos?

Oceana Fernandes,  9A - S     

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.